Hospital da Mulher realiza triagem para procedimentos e atendimento com mastologista

Date
Categoria
Sua Saúde

O Hospital da Mulher Maria Luzia Costa dos Santos completa, no mês de janeiro, três anos de atividades e serviços prestados às mulheres baianas. Localizado no Largo de Roma, em Salvador, a unidade realizará no próximo sábado (18), das 7h às 9h, triagem para realização de consultas com mastologistas e especialistas em planejamento familiar, com atendimento voltado à inserção de DIU e realização de laqueadura.

Como ser atendida

Para ser atendida, a paciente deve comparecer à unidade munida de RG, comprovante de residência e cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) e apresentar um ou mais dos critérios abaixo:

Atendimento com mastologista: – Exames de imagem (MMG, USG ou ressonância magnética das mamas) com BIRADS 4, 5 ou 6; – Resultado de biópsia que indique carcinoma, sarcoma, células com atipias ou tumor filoides; – Saída de sangue pelo mamilo ou ferimento em pele da mama, aréola ou mamilo; -Nódulo palpável.

Atendimento com especialista em planejamento familiar para realização de laqueadura: – 25 anos ou mais; – 02 filhos vivos.

Atendimento com especialista em planejamento familiar para inserção de DIU: – 18 a 40 anos de idade; – Não estar gestante nem em período pós-parto; – Estar com o exame preventivo em dia e ter em mãos ultrassom transvaginal.

O Hospital

Atualmente, o equipamento é considerado o maior hospital dedicado às doenças específicas do aparelho reprodutor feminino do Brasil, tendo atingido a marca de 650 mil atendimentos -sendo 350 mil realizados pela equipe médica e 300 mil por equipe multiprofissional – e realizado mais de 774 mil exames e procedimentos, além de 27 mil cirurgias.

O Hospital da Mulher presta assistência nas áreas de ginecologia e mastologia, atendimento específico na área de reprodução humana e é dotado de um centro avançado de oncologia, além de atender também situações relacionadas à violência sexual.

Nestes três anos de atividades, mulheres de toda a Bahia foram encaminhadas à unidade, sendo 62,2% do público oriundo do interior e 37,8% da capital. As pacientes apresentam idade prevalecente de 35 a 54 anos, representando 53,8% do percentual, e as especialidades de Ginecologia e sub-especialidades, seguida por Mastologia, configuram como as mais procuradas no Hospital.

Os tratamentos para cura do câncer de mama constituem o principal percentual de atendimentos do Serviço, com 70% dos casos, seguido pelos tratamentos para cura do câncer ginecológico (25%), gastrointestinal (4%) e de cabeça e pescoço (1%).

Reconhecimento

Em abril de 2019, o Hospital da Mulher foi eleito vencedor, através de votação direta, da premiação nacional Dr. Pinotti – Hospital Amigo da Mulher. A unidade foi eleita entre mais de 60 indicações, sendo o primeiro hospital 100% SUS do Estado da Bahia a receber o prêmio.

A premiação é concedida pela Câmara dos Deputados a entidades cujos trabalhos ou ações merecem especial destaque pela promoção do acesso e pela qualificação dos serviços de Saúde da mulher.

Para o diretor geral da unidade, Marco Antônio Andrade, a honraria ressalta a importância do Hospital da Mulher para as mulheres baianas. “Para nós é muito gratificante ser contemplado com este prêmio; é um reconhecimento do empenho com o qual temos nos dedicado com entusiasmo a promover a saúde das mulheres no estado”, assegurou. “Agradecemos ao Governo do Estado e a cada um de nossos colaboradores pela dedicação diferenciada ao longo desses três anos”.

Atendimento

Com exceção do Serviço de Atendimento às Mulheres Expostas à Violência Sexual, que funciona sob demanda espontânea, 24h por dia, para ser atendida no Hospital da Mulher, é necessário agendar por meio do sistema Lista Única, através de Unidade Básica de Saúde do município. Dúvidas podem ser elucidadas pelo número 0800-071-4000. A ligação é gratuita e pode ser feita de segunda a sexta, das 8h às 18h.

 

Fonte: Ascom do Hospital da Mulher