Compulsão por doces: um problema a ser combatido, alerta Planserv

Date
Categoria
Sua Saúde

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alerta que um em cada oito adultos em todo o planeta é obeso. A projeção é de que, em 2025, cerca de 2,3 bilhões de indivíduos estejam com excesso de peso, sendo mais de 700 milhões com obesidade. Entre as causas do sobrepeso, inclui-se a compulsão alimentar: o comer exagerado, em doses muito grandes, em um espaço muito curto de tempo e com sensação de perda de controle.

Muitas pessoas relatam ter compulsão por doces: quanto mais come, mais quer comer. Os perigos desse distúrbio alimentar são conteúdo da dica para os beneficiários do Planserv, publicada no site e aplicativo da assistência.

É de grande importância identificar alguns gatilhos que podem desencadear essa sensação, para aprender a lidar com ela de forma tranquila e sem estresse. A sensação de compulsão por doces pode ter origem física, emocional, tais como dieta, restrição, jejum ou má alimentação, TPM, angústia, cansaço, comer emocional e hábito. Beber pouco líquido durante as refeições, diminuir o consumo de doces aos poucos, praticar atividade física, estabelecer um horário para as refeições, trocar um doce por uma fruta e controle a ansiedade e o stress são algumas atitudes que podem diminuir o problema, afirmam os especialistas do Planserv.

Optar por alimentos como banana, mix de castanhas, café amargo, coco, chocolate amargo e canela é importante, pois são alimentos que estimulam a produção de serotonina, hormônio responsável pela sensação de bem estar.

 

Fonte: Ascom Planserv