O Desenvolvimento na Carreira dos servidores do Estado da Bahia ocorre através dos processos de Progressão e Promoção. Neste sentido, o Decreto nº 13.341, de 07 de outubro de 2011, alterado pelo Decreto nº 19.205, de 30 de agosto de 2019, regulamentou o desenvolvimento das carreiras dos Grupos Ocupacionais: Artes e Cultura, Técnico Administrativo, Técnico-Específico e Comunicação Social.

Os processos de Promoção para os Grupos Ocupacionais: Fiscalização e Regulação, Gestão Pública, Obras Públicas e da carreira de Especialista em Produção de Informações Econômicas, Sociais e Geoambientais da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI) estão regulamentados, respectivamente, pelos decretos nº19.201, nº 19.204, nº 19.203 e nº 19.202, todos de 30 de agosto de 2019.

 

Progressão é o processo de desenvolvimento que possibilita o crescimento HORIZONTAL na carreira do servidor.

Promoção é o processo de desenvolvimento que possibilita o crescimento VERTICAL na carreira do servidor.

Avaliação de Desempenho Funcional (ADF) é uma das ferramentas utilizadas para o desenvolvimento das carreiras dos Grupos Ocupacionais, dentro do processo de Promoção.

 

Quais são as etapas da Avaliação de Desempenho Funcional?

Avaliação é a etapa correspondente à atribuição de conceito ao desempenho funcional do servidor pela chefia imediata.

Ciência / Anuência é a etapa correspondente à ciência do servidor acerca da avaliação da realizada pelo agente avaliador, com sua anuência ou solicitação de nova avaliação.

FIQUE ATENTO! Se o servidor avaliado não der anuência no prazo estabelecido, a ADF será considerada anuída.

Quem são os Agentes Avaliadores?

São todos os servidores que participam do processo de avaliação, avaliando e/ou sendo avaliado.

Servidor avaliado é o servidor efetivo de carreira que é submetido ao processo de avaliação de desempenho funcional.

Chefe imediato é o superior imediato, responsável pelo local de trabalho do servidor avaliado, que realiza avaliação.

Chefe mediato é o superior hierárquico do chefe imediato, responsável por realizar a avaliação em casos excepcionais, previstos em norma.

Manual do Usuário - ADF